Felicidade para cretinos e desesperados esquecidos por Deus [conto]

Seu Antenor havia mudado para o prédio fazia menos de duas semanas. Os longos anos a frente da seção de compras da prefeitura eram passado, e agora suas responsabilidades não iam além de regar algumas plantas pela manhã. Era um simpático e jovial Senhor querendo curtir a vida. Já era amigo do zelador, conhecia o… Continuar lendo Felicidade para cretinos e desesperados esquecidos por Deus [conto]

Jogando as esperanças para debaixo do tapete [conto]

Saí da fábrica eram dez e qualquer coisa da noite. Depois de quarenta anos apertando parafuso numa metalúrgica não se tem muito mais a esperar da vida. O tempo parece andar cada vez mais devagar. Penso na morte quase como um final feliz. Isso não muda o fato de que cada dia o parafuso fica… Continuar lendo Jogando as esperanças para debaixo do tapete [conto]