Fatos Cotidianos 33 – Uma noite qualquer no paraíso [conto]

Um corpo cambaleante entrou no bar. Dois passos adentro e todos olhavam com repugnância. Além da aparência degradante, um cheiro azedo tomou conta do lugar. O aroma apontava para um ser estranho indo na direção do balcão. Pereba parou na bancada e olhou para o lado. “Vocês me parecem um bando de merda.” Todo mundo… Continuar lendo Fatos Cotidianos 33 – Uma noite qualquer no paraíso [conto]