O passo e a linha [conto]

1° Ato: Anderson, de 19 anos, leva um tiro na perna. O jovem tinha ido comprar, para curtir o fim de semana com os amigos, maconha e pó numa favela da zona oeste, e a polícia apareceu de surpresa numa batida quando ele estava de saída. Durante a troca de tiros uma bala, sabe-se lá… Continuar lendo O passo e a linha [conto]

Seis [conto]

João, 32 anos, pintor (de parede, não do tipo artista, ou sim, uma vez pegou um enrosco pra fazer. Uma república de estudantes, pintaram qualquer vestígio de branco com frases tipo o que pode o corpo?, o corpo é uma prisão, corpo é corpo, enfim, o João foi lá, lixou tudo na unha porque a… Continuar lendo Seis [conto]

O chamado [conto]

Um ser humano qualquer, pode ser em qualquer lugar, em qualquer hora, ele abre uma gaveta e, inesperadamente, encontra uma arma, e pega ela. É pesada. Gelada. A sensação é o que pode se chamar de empoderamento. “Heavy is good, heavy is reliable.” Então ele sente que pode solucionar todos os problemas da humanidade. Fazer… Continuar lendo O chamado [conto]

O homem, a mulher e Matheus [conto]

[00:30] Matheus está na base da escadaria que corta o quarteirão e liga a rua de cima a rua de baixo. Uma mulher começa a descer a escada. Matheus surge no meio do caminho tentando assaltá-la a ameaçando com uma arma. Ele é surpreendido por um golpe pelas costas e cai desacordado. A mulher e… Continuar lendo O homem, a mulher e Matheus [conto]

Experiência n°67 [conto]

- Introdução: É feriado. - Objetivo: Ser feliz. - Justificativa: Nenhuma. - Metodologia: Tentativa e erro. Relatório final [6:15] - Início dos procedimentos 250ml da substância 1 administrada na forma líquida. 2g da substância 2 administrada de forma fumófita. [7:15] - Leitura dos parâmetros Temperatura: 37,5°C Pulso: 95 bpm Pressão: 139 Respiração regular. Foco se… Continuar lendo Experiência n°67 [conto]

O fim do mês e a conta na mercearia [conto]

A vida para Eliana parecia ser bastante simples. Ela acordava às 5h, chegava no centro de telemarketing unificado às 8h, saía às 11h para o almoço, que terminava meio dia. Às 17h estava liberada para voltar ao lar, onde chegava às 19:30. Seu trabalho não exigia muito. Atender o telefone, respostas no caderno ao lado… Continuar lendo O fim do mês e a conta na mercearia [conto]

Memórias de um empurrador de árvore [conto]

Nunca entendi porque a Cláudia não gostava de comer queijo ralado barato. O macarrão podia ser uma massa qualquer de ovos, o molho de saquinho com catchup, a salsicha podia ser qualquer uma, mas o queijo tinha que ser faixa azul. Se não fosse o legítimo ela não comia e ficava emburrada. Era quase uma… Continuar lendo Memórias de um empurrador de árvore [conto]

The good times [conto]

A imagem que surge na tela como um estalo mostra um relógio de dar corda marcando sete horas da manhã e despertando estridentemente. No fundo a parede vermelha está descascando. Uma mão bate no pino que interrompi o ruído de bom dia. Começa a tocar uma batida de tempo no fundo. A mesma mão pega… Continuar lendo The good times [conto]

Depois da merda no ventilador [conto]

[Dona Gertrudes - 53 anos - Dona de Casa] Quando virei para a segunda rampa eu vi os dois lá em cima, se esfregando encostados no canto da grade. Mas ainda não sabia o que eles estavam fazendo. Foi quando fui chegando perto e escutando o barulho que percebi o que estava acontecendo. Foi horrível.… Continuar lendo Depois da merda no ventilador [conto]

Bate-papo [conto]

[21:23:59] Ksal Discreto fala reservadamente para Ela&Ele: Oi [21:24:15] Ela&Ele fala reservadamente para Ksal Discreto: ola [21:24:20] Ela&Ele fala reservadamente para Ksal Discreto: tudo bem? [21:24:31] M amizade entra na sala. [21:24:45] h mama h diz para Todos: algum cara aí afim? [21:25:01] Ksal Discreto fala reservadamente para Ela&Ele: sim e vcs? [21:25:27] coroa safado… Continuar lendo Bate-papo [conto]

10 coisas que você precisa saber sobre a Marcie [conto]

1 - A Marcie é a mulher da minha vida. Desde a primeira vez que a vi soube disso. Nosso olhar se cruzou num dia mágico na praia e foi como ter uma visão da revelação. Seus cabelos morenos e longos brilhavam com o sol e ela vinha caminhando com leveza. Todo mundo olhava para… Continuar lendo 10 coisas que você precisa saber sobre a Marcie [conto]

Peso morto em CNTP [conto]

Nos últimos tempos tem crescido um sentimento em mim de querer ser abandonado. Acordar e descobrir que todo mundo que um dia me conheceu teve este detalhe menor da vida deletado da memória. Meu número desapareceria do celular das pessoas, meu e-mail nunca mais receberia mensagens e os crianças da rua iriam ter medo da… Continuar lendo Peso morto em CNTP [conto]

O estupro [conto]

Era uma daquelas festas open bar de bebida de primeira, onde todo mundo está aberto a tudo e a fim de tudo. Num sítio longe da cidade, com música alta e gente bonita. César tinha chegado acompanhado, mas Maria teve que sair no meio da alegria porque não estava se sentindo bem. Na verdade ela… Continuar lendo O estupro [conto]

Elucidações elucidativas sobre os elucidados [conto]

A menor possibilidade das coisas darem certo ainda não é o suficiente para deslindar a necessidade de as coisas darem certo. Se as coisas não derem certo para Renata isso poderia significar que não vão dar certo para ninguém. Não porque as coisas dela sintetizam todo os sentimento do universo ou sua solução culminaria na… Continuar lendo Elucidações elucidativas sobre os elucidados [conto]

O fim do resto [conto]

No futebol da educação física do colégio o primeiro a ser escolhido não é só o melhor. Ele é o melhor, o mais legal, o mais bonito, com um futuro brilhante, inteligente e o orgulho do Sr. e da Sra. Oliveira. Daí para baixo vem o resto, encabeçados pelos melhores amigos dos melhores, depois um… Continuar lendo O fim do resto [conto]

Mosca morta em movimento linear uniforme [conto]

Droga. Minha vida continua. As marcas na cara dizem que alguém tentou dar cabo dela ontem a noite. As dores no corpo gritam que tento fazer isso faz tempo, e nem isso eu consigo. Mas ao menos cada dia estou mais perto. O sangue no vômito é uma prova incontestável. Não consigo achar motivos para… Continuar lendo Mosca morta em movimento linear uniforme [conto]

O surto [conto]

A cabeça de Aguinaldo estava martelando. Ele precisava ter uma ideia. Uma daquelas que muda o destino da humanidade. Precisava de dinheiro. Precisava de muito dinheiro rápido. O mundo estava ruindo ao seu redor, como o final de Scarface quando o Al Pacino enfia a cara numa montanha de pó. E ele não conseguia pensar… Continuar lendo O surto [conto]

A esquina e o fim [conto]

[blitz] - Boa noite. Documentos do Senhor e do veículo, por favor. - Sim Senhor, aqui estão. - Da onde o Senhor está vindo e para onde vai? - Estou voltando do trabalho para casa. - O Senhor pode descer do veículo, por favor. - Claro, algum problema policial? - Estamos verificando. São só procedimentos… Continuar lendo A esquina e o fim [conto]

A luta da batalha perdida [conto]

Aconteceu mais ou menos como na música In the end of the world as we know it, do REM, mas não sobrou só um garoto de 13 anos, e nem a coisa toda tinha virado uma festa. Ainda tem um bando de seres humanos por aí. Bando mesmo. Eles se escondem em construções abandonadas, esgotos… Continuar lendo A luta da batalha perdida [conto]

Almoço fast-food [conto]

Seu Alcides entrou no flat desviando o olhar, um tanto quando encabulado, e carregando uma maletinha dessas de executivo. Tirou um envelope do bolso e agitou com a mão. “Olá baby…pode deixar isso aí em cima da mesinha.” “Oi….boa tarde…..posso ir no banheiro?” “Claro, fica ali.” Ele abriu a maletinha e tirou dois saquinhos zip… Continuar lendo Almoço fast-food [conto]

Nem a lua nem a Ásia existem [conto]

Camilo acordou na Guiána-Francesa. Estava calor, não havia nada para comer e a água sempre tinha um gosto amargo de remédio. O sol já invadia seus pensamentos e saia em forma de suor. Ele precisava cair fora dali de qualquer jeito, então foi para Noruega, que ficava no quarto ao lado e tinha um clima… Continuar lendo Nem a lua nem a Ásia existem [conto]

A vida no inferno [conto]

O trabalho nunca assustou Natália. Muito ao contrário. Desde os 15 anos ela já acordava antes do sol nascer para poder estudar e ser secretária do seu tio dentista. Podia até ser uma forma de ele ajudar a família do irmão, que não tinha paradeiro conhecido, mas as seguidas investidas com a mão embaixo da… Continuar lendo A vida no inferno [conto]

Kid Neb [conto]

As vezes gosto de evitar pensamentos como: “o que eu tenho que fazer hoje?”. São pensamentos que me fazem invernar num labirinto de tempo perdido e futuro curto e indeterminado que me conduzem a acreditar que não há solução para os problemas da humanidade. Não sei se um ser como eu é capaz de enumerar… Continuar lendo Kid Neb [conto]

Sobre escolhas [conto]

Maria poderia ter saído de casa com 18 anos para fazer faculdade de direito no interior. Lá conheceria José, João e Gabriela. Juntos passariam por emoções e decepções que iriam marcar suas vidas. Descobririam tudo que se poderia saber sobre sexo, drogas e Rock’n Roll. Graças a uma empatia explicável apenas pelos fatos de estarem… Continuar lendo Sobre escolhas [conto]

Uma imensidão de nada no meio do deserto de lugar nenhum [conto]

Devo ser uma daquelas almas rejeitadas no céu e no inferno que foram mandadas para um lugar pior: a minha vida. Meu corpo doía em partes que achei que não existissem mais. Num reflexo debilitado chutei alguma coisa. A filha do Jaime ainda estava deitada do meu lado. “Por que você é assim?” “Porque não… Continuar lendo Uma imensidão de nada no meio do deserto de lugar nenhum [conto]

All Star #44 [conto]

Já faz um tempo que descobri que estudar não é fundamental para terminar o colégio. Só precisa estar lá no dia-a-dia e fazer uma prova que quase sempre é coletiva. A escola não quer reprovar ninguém e os pais dos alunos não querem os filhos reprovados. Isso basta. Então, como diz o Gabriel Pensador, gosto… Continuar lendo All Star #44 [conto]

A era da reprodutibilidade técnica avançada [conto]

Mirela, Mari, Evandro e Neto estavam ensaiando há semanas. O roteiro era da Mari e do Evandro, e nunca estava fechado. Eles não aceitavam começar a gravar enquanto tudo não estivesse completamente finalizado. Equipe de produção, pós-produção, técnica, tudo definido. Não basta só ter uma super-câmera “D qualquer coisa”, para gravar em HD a beleza… Continuar lendo A era da reprodutibilidade técnica avançada [conto]

A true love story [conto]

Preâmbulo Contos dramáticos, longos romances, filmes, músicas, novelas, seriados, guerras, “what more in the name of love?”, perguntaria o U2. O que for necessário, responderiam os jovens. Amor não é um sentimento, é uma justificativa para uma atitude que poderia ser tida como débil. Sócrates diria que o amor é a ausência do belo e… Continuar lendo A true love story [conto]

Rotina do cão [conto]

[Quarto] Janela aberta. Umidade relativa do ar: 30%. Cheiro Verde dormindo, suado e sem camisa. Ventilador de teto fazendo nhec-nhec. Telefone tocando. - Hã?! - Alô, Cheiro? - Quem é? - O Manjerona. Surgiu a oportunidade de fazer um bico na pizzaria do Sr. Azeitona hoje a noite. São cem pilas para ajudar na cozinha.… Continuar lendo Rotina do cão [conto]