Descascando o abacaxi [conto]

A vida de Natália podia até ser conhecida como fácil nas más línguas, mas na prática a coisa não era bem assim. Quando um seboso cretino está querendo enfiar uma piroca de 15cm numa buceta sem o mínimo de delicadeza, nem jeito para coisa, fácil parece ser montar um satélite interestelar. Ele era grande, o… Continuar lendo Descascando o abacaxi [conto]

O fim do mês e a conta na mercearia [conto]

A vida para Eliana parecia ser bastante simples. Ela acordava às 5h, chegava no centro de telemarketing unificado às 8h, saía às 11h para o almoço, que terminava meio dia. Às 17h estava liberada para voltar ao lar, onde chegava às 19:30. Seu trabalho não exigia muito. Atender o telefone, respostas no caderno ao lado… Continuar lendo O fim do mês e a conta na mercearia [conto]

O suicídio do covarde Manuel [conto]

Ana trabalhava na lotérica Boa Sorte! há 25 anos. Começou um pouco antes de entrar para a faculdade de Letras e nunca mais saiu. A estabilidade tinha alavancado seus sonhos. Além do diploma, seu emprego a levou para quinze fantásticos dias de férias em Portugal em 2006, pagou muitos churrascos com os amigos e pizzas… Continuar lendo O suicídio do covarde Manuel [conto]